Jefferson Lima em Prosa & Verso
"perceberás a maciez por baixo desta pedra... para uns tosca, para outros, preciosa "
Textos

Já sou bastante familiarizado com a poesia de Leide Borges e, pelas redes sociais, havia lido alguns poucos casos que ela publicou. No entanto, o seu livro Casos de Família e Afins me deixou encantado com a cronista, contadora de casos e bem-humorada escritora.

 

Ao nos apresentar o livro, Leide nos conta que tomou para si o papel de cronista, com o objetivo de imortalizar as várias histórias da sua família. Assim como em qualquer outra, os casos vão passando de geração em geração durante os encontros familiares. Às vezes em festas, outras em despedidas, durante as refeições ou em várias ocasiões em que alguém se lembra de algo, geralmente engraçado, que já ocorreu no seio familiar. E foi ora apurando fatos e ora puxando pela sua memória, que a autora nos brinda com esse leve e delicioso livro de casos.

 

A obra traz ainda algumas fotos que, além de contextualizar uma ou outra crônica, nos aproxima dos personagens, tornando-os familiares ao leitor que passa a conhecer os rostos daqueles que desfilam ao longo das mais de duzentas páginas da obra.

 

E como tem história! São relatos hilários das várias viagens, em momentos distintos da família, casos do primeiro emprego e como foi a sua ascensão dentro da Embratel, onde trabalhou até se aposentar. Também há muitos relatos da infância, dos tempos de namoro, da convivência com os irmãos e outros parentes, do cotidiano do lar, da chegada dos filhos, das sacadas inteligentes dos netos, dentre muitos outros temas.

 

Em cada caso que conta, vemos uma Leide muito zelosa das suas responsabilidades e muito amorosa em relação à família. E que família singular! No texto Serviço doméstico, “tamos” fora!, somos apresentados a um pai, nascido no início do século XX, mas que já vivia como alguém à frente do seu tempo. Leide assim descreve esse lado do seu pai: “E se por um lado gostaria que nos enquadrássemos no papel feminino vigente, por outro nos incentivava a estudar, ler, escolher a profissão e a independência financeira”. (pag. 265)

 

Os frutos dessa criação marcou para sempre a sua personalidade, o que podemos sentir no texto Essa mulher é homem?, no qual Leide Borges nos conta a experiência de ser, no início dos anos de 1970, a primeira mulher contratada na Embratel, no Distrito de Operações de Goiânia. “..., meu chefe pediu para que eu desse “uma força” ao Subdistrito na sua área contábil. Porém, deixou em aberto para que eu decidisse se aceitava a missão, alegando que por eu ser mulher, podia me sentir constrangida com a incumbência. Foi o que faltava para eu aceitar”. (pag. 100) Sabemos que, mesmo com todas as conquistas, ainda hoje é um desafio para a mulher ocupar espaços e ter o merecido respeito em muitas áreas do mercado de trabalho.

 

Fiquei encantado com o texto Sete sonhos e um destino, por se tratar de uma verdade tão clara e tão óbvia que, muitos, por não aceitarem a realidade sem floreios em suas vidas, amaldiçoam a existência. Eis a verdade: “O Destino tem mão forte, nem sempre conseguimos lhe dar a volta e seguimos escolhendo nossos caminhos dentre aqueles que ele nos apresenta”. (pag. 267)

 

Entre casos onde aparecem ratos, baratas, cães, bêbados e muitas peripécias na escola ou nas casas dos tios e avós, descubro que Leide Borges esteve na casa de Cora Coralina e, como se não bastasse conversar com a poeta, ainda comeu dos seus doces. Então entendi o seu talento: foi muito bem batizada! Mas se o leitor desta resenha quiser saber como foi a visita à casa da ilustre escritora, vai ter que adquirir o livro.

 

Em concordância com a autora, que nos dá o exemplo de registrar os casos que não queremos esquecer, é que encerro minha simples e atrevida resenha, pois não quero esquecer que um dia li este livro tão cheio de amor e humor. Reverbera em mim a quadra que está na página 147 e integra a crônica Mexe com quem está quieto!:

 

Sobre o medo, meu amigo,

já diziam meus avós:

ele não está no perigo,

ele está dentro de nós!

 

 

 

 




Título da Obra: Casos de Família e Afins
Autor: Leide Borges
Editora Delicatta, 2020
ISBN: 978-65-86271-21-8
Nº de páginas: 288
Foto do livro para a resenha: Jefferson Lima

Jefferson Lima
Enviado por Jefferson Lima em 01/03/2022
Alterado em 02/03/2022
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras