Entre, aproveite, aqui tem poesia e algo mais...
"o ofício dos artistas é elementar para manter a saúde psíquica sem entorpecer-se"
Textos
O leite condensado escorreu para o ralo do esquecimento.
Whisky e bacalhau da nossa cara debocham, e
a ninguém interessa apurar as contas, vero.
 
Três bilhões sumiram nos bolsos largos dos que elegemos.
As seringas, insuficientes, sobram por falta de líquido
e segue o jogo, com placar e torcidas fanáticas.
 
Nomes adoecem, morrem e desaparecem, mas
o Power BI os transforma em gráficos coloridos na TV,
que assisto e lamento, insensível, enquanto janto.
 
O álcool em gel 70°, desvalorizado, sobra nas prateleiras,
acessórios bordados escondem os lábios nas redes sociais,
as crianças, que vão para as professoras mal pagas que as aguentam.
 
O prazer do inepto é apreciar a aglomeração de confinados.
Beijos, bundas e bebedeiras excitam e incitam a inveja.
Brigas, barganhas e bestialidade interessam ao debate.
 
Os nadas alheios são úteis aos que hibernam em stand by mental.
A não ser pelos extrato$, de forma animalesca todos se igualam.
Piruás, sucrilhos ou lactobacilos não alimentam a argúcia.
 
Que merda!


Imagem: twitter.com\@mariozinholago
Jefferson Lima
Enviado por Jefferson Lima em 04/03/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras