Entre, aproveite, aqui tem poesia e algo mais...
"o ofício dos artistas é elementar para manter a saúde psíquica sem entorpecer-se"
Textos
Já dizia o poeta: “o caminho é feito ao caminhar”!

Não temos um caminho definido quando embarcamos nesta viagem a qual chamamos VIDA!

São tantos os acontecimentos que nos moldam e muitas as razões que nos levam a profundas metamorfoses.

Ao longo do caminho tropeçamos e caímos, brindamos conquistas e saltamos obstáculos. Temos momentos de euforia e alguns de introspecção.

Colecionamos muitos objetos, mais do que precisamos, poucos amigos e muitos sentimentos que quase não suportamos.

E é por causa dos sentimentos que muitos se entregam. Haja coração!

O que sentimos é matéria-prima da forja que nos dá forma e define, já que tudo o que recebemos através das outras pessoas pode nos estimular ou nos empurrar para o abismo de uma profunda depressão.

Quando correspondidos, somos felizes, ou frustrados se o contrário acontece.

Somos profundamente afetados pela paixão, pela inveja, pela traição, pela generosidade ou compaixão...

Mas não somos impactados com a mesma força quando nos é solicitado perdoar.

O perdão tem suas raízes mais profundas no amor e é capaz de causar um bem estar imenso àqueles que conseguem estendê-lo ao próximo.

“Perdoa-nos as nossas ofensas, tal como nós temos perdoado aos que nos ofenderam". (Mateus 6:12)

“Pois se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também lhes perdoará. Mas se não perdoarem uns aos outros, o Pai celestial não lhes perdoará as ofensas". (Mateus 6:14 e 15)

Estas palavras de Jesus, ditas há mais de 2000 anos, ainda nos choca pelo reconhecimento de nossa incapacidade de amar.

Ele condiciona o perdão de Deus à nossa disposição de perdoar àqueles que nos ofendem. Como posso desejar a misericórdia divina se não sou capaz de ser condescendente com a pessoa que está ao meu lado?

Amar ao próximo como a mim mesmo não é fácil! Isso inclui até nossos parentes...

Se alguém não cuida de seus parentes, e especialmente dos de sua própria família, negou a fé e é pior que um que em nada crê. (1 Timóteo 5:8)

E fica a reflexão: estamos mesmo dispostos a mudar?



(Imagem: Google)
Jefferson Lima
Enviado por Jefferson Lima em 19/03/2015
Alterado em 20/06/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras