Entre, aproveite, aqui tem poesia e algo mais...
"o ofício dos artistas é elementar para manter a saúde psíquica sem entorpecer-se"
Textos
Chove...
 
Carros parados
Faróis estragados
Meninos assustados
Cães ensopados
Gatos escaldados
 
Chuva caindo...
 
No asfalto batendo
Pessoas correndo
Enxurrada escorrendo
Um mendigo morrendo
Mais água descendo
 
Tempestade não para...
 
E o ônibus lotado
Como peixe enlatado
Os vidros fechados
Tudo embaçado
Num calor danado
 
E lá no cantinho...
 
Enquanto vem água de riba
E cada um como pode se vira
Um poeta transpira
No aguaceiro se inspira
Entre versos delira
Jefferson Lima
Enviado por Jefferson Lima em 05/04/2013
Alterado em 28/02/2021
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras