Entre, aproveite, aqui tem poesia e algo mais...
"o ofício dos artistas é elementar para manter a saúde psíquica sem entorpecer-se"
Textos
Eu não o deixaria à minha espera por tanto tempo
Pois o tempo passa tão depressa
E meu amor não pode esperar
 
O galopar desconcertante do tempo me desespera
E a espera por meu amor me causa frêmito e pesar
 
Quisera eu interromper o passar dos dias
Me jogar em teus braços
Enlaçar-me em teus abraços
Sentir a maciez no tato e o calor de teus afagos
 
Quisera eu beijar teus olhos
Realizar as fantasias do teu ser
E fazer de mim vestido e trapo
Ou qualquer capricho do querer teu
 
Eu não o deixaria à minha espera
Pois minha alma anseia, meu corpo precisa
E meu amor, só a ti posso entregar


(Imagem: Google)
Jefferson Lima e Paulina Macieira
Enviado por Jefferson Lima em 17/12/2012
Alterado em 05/07/2019
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras