Se for poesia...
venha, pois pior que estar só é estar ausente de ti.
CapaCapa
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


Parte do adeus
nasce do fim...
 
Como um rio...
 
Que desce arrastando sonhos,
percorre os verdes esperançosos,
reflete os azuis de um céu bonito,
fenece gris nos sulcos das lágrimas...
 
Parte do adeus
não se sabe nascer...
 
Surge gigante...
 
Cresce antes de existir
o encontro dos olhares,
o desconforto do silêncio,
a expectativa do enlace...
 
Parte do adeus
nos parte...


 
Imagem: Internet
Jefferson Lima e Sílvia
Enviado por Jefferson Lima em 15/06/2019
Alterado em 15/06/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras